• Kalina Grabowski

Verdades que não te Contam sobre ter uma Empresa



Você vai ouvir muita gente falar que ter empresa é “não ter férias”, “é trabalhar dia e noite”. Empreender virou sinônimo de dedicação constante. Essa é uma realidade, mas o que se encontra nos bastidores disso? Que detalhes se encontram nas entrelinhas de todas essas falas que ouvimos por aí?


Vou te revelar algumas:


1. A verdade MESMO é que isso tudo é uma perspectiva individual. Empreender é com certeza uma atividade que te deixa mais ativa, ligada nas coisas, mas poder desativar e desligar não está relacionado à quantidade de trabalho e sim à organização que você tem dentro dele. Não é nenhum pouco bonito falar que "trabalha 24h por dia”, isso só demonstra que sua empresa necessita de organização (na verdade, VOCÊ precisa).


2. Quanto mais você cresce, maior fica seu alvo - essas é uma frase que tenho muito ativa na minha mente. Crescer é bom demais, colher os frutos disso? Melhor ainda! Mas crescer também deixa seu negócio mais “vulnerável” e se você não entende isso, você pode ser atingido sem estar preparado ou, pior: sem nem perceber.


3. As pessoas não estão interessadas no seu negócio e, para mim que sou canceriana hahaha, essa dói dizer. Mas é a verdade. Mesmo um cliente que te contrata, na realidade, está interessado em resolver um problema dele. O colaborador que entra na sua empresa está interessado em um trabalho. No seu negócio a única pessoa genuinamente interessada é você e, se tiver, seus sócios. Saber isso não deve te tornar mais individualista, mas te faz compreender o peso dessa responsabilidade.


4. Monitorar é diferente de controlar - levei um tempo para entender isso.

Sempre me identifiquei como “controladora” por querer saber o que se passa em todas as funções aqui da empresa. Mas não é sobre controle, é sobre monitoramento. Monitorar é estar perto para qualquer problema que possa acontecer, é explicar 1, 2, 10 vezes se preciso como as coisas precisam ser feitas sem precisar pegar você mesmo e fazer. Monitorar é nosso papel ao delegar qualquer coisa. E delegar é diferente de abdicar, mas falarei disso no meu curso presencial em fevereiro!


E aí, qual dessas verdades doeu mais em você?


Beijos & Boas Escolhas!

Ka.


39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo